Strict Standards: Only variables should be assigned by reference in /home/httpd/htdocs/enpavibr/templates/enpavi-padrao/index.php on line 47

Notícias

Prefeitura dá "sinal verde" e obra da Via Cambuí começa em São José

Putim. Área onde começará a Via Cambuí, na região do Putim, zona sudeste de São José dos Campos
Foto: Rogério Marques/OVALE

Prefeito Felicio Ramuth (PSDB) assina contrato para início da construção do eixo leste-sudeste, que deve ser concluído em outubro de 2019, ao custo de R$ 90,3 milhões; as obras estão previstas para começar em janeiro

João Paulo Sardinha@jpsardinha

A construção da Via Cambuí, eixo de ligação entre as zonas leste e sudeste de São José dos Campos, vai começar a sair do papel. O prefeito Felicio Ramuth (PSDB) assinou na manhã de ontem contrato de início das obras, que devem ser concluídas em outubro de 2019, ao custo de R$ 90,3 milhões.

O Consórcio ED, formado pelas empresas Enpavi e DP Barros, inicia a montagem do canteiro e a contratação de mão de obra na próxima segunda-feira, quando será emitida a Ordem de Serviço. A via expressa, no entanto, começa a ser construída na segunda quinzena de janeiro.

O pico da obra vai acontecer entre março e novembro de 2018, quando cerca de 200 operários serão contratados.

A Via Cambuí ligará a avenida Juscelino Kubitschek, na Vila Industrial (zona leste), à região do Putim.

GERENCIAMENTO.

Ontem, paralelamente à assinatura do contrato com a construtora, o governo fechou acordo de R$ 8 milhões com o Consórcio SJC Infra, responsável por gerenciar as obras. Formado por uma empresa espanhola e outra brasileira, o grupo terá 16 profissionais para supervisionar o andamento dos trabalhos.

O gerenciamento é uma exigência feita pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), órgão que financia a Via Cambuí.

Segundo Felicio, os serviços não irão atrapalhar o trânsito, já que a obra será realizada em áreas de vegetação. "O impacto é mínimo, porque liga regiões que não têm interferência em vias existentes. Com exceção do viaduto que atravessa a Dutra", afirmou.

Hoje, leva-se 20 minutos para ir da zona leste à sudeste. Com a Via Cambuí, o trajeto será feito em até sete minutos.

Felicio vai lançar o edital para serviço de monitoramento da fauna no trecho
A assinatura de contrato com a construtora e com empresa supervisora, ontem, não encerra o processo burocrático da Via Cambuí.

O governo Felicio Ramuth lança ainda neste mês o edital de licitação para contratar empresa que vai monitorar a fauna e prestar assistência aos animais no processo de desmatamento para a construção da via.

O edital anterior fracassou. A contratação é uma determinação da Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo). A liberação ambiental foi obtida durante o governo do ex-prefeito Carlinhos Almeida (PT).

http://www.ovale.com.br/_conteudo/2017/12/nossa_regiao/25511-prefeitura-da-sinal-verde-e-obra-da-via-cambui-comeca-em-sao-jose.html